Arquivo da tag: bangladesh

Por Bangladesh

O decadente Orkut me colocou na página inicial a atualização de um colega. Lá vi algumas fotos de Dubai, seu destino turístico dessas férias, entre navios, prédios modernos, areia e outras cositas más. Me perguntei se o colega saberia quem está construindo toda a modernidade no meio do deserto, e a resposta é a mais óbvia possível. Além de ser um quasi-roceiro com o máximo do pensamento provinciano, a pessoa não consegue provavelmente dizer onde Dubai se encontra no mapa, e não me surpreenderia se comprar seu trabalho de conclusão de curso – em mais um abominável ato de paguei-passei.

(O WordPress apagou todo o post que escrevi, ficou só essa parte, abaixo o resumo do que estava aqui)

A idéia é que trabalhadores de Bangladesh são “convidados” a Dubai para que possam com 10 anos de trabalho ou mais juntar o suficiente para patrocinar uma vida melhor para suas famílias. No entanto, quando chegam na metrópole do deserto, descobrem que as condições de trabalho são as piores possíveis, casas sem isolamento térmico, redes de esgoto e água potável. Não recebem como prometido e se tornam praticamente escravos por terem que se submeter a esse tipo de trabalho para que possam ao menos se livrar da dívida feita pela viagem e pensar em voltar algum dia – nisso as famílias que ficaram no pobre país do sudeste asiático continuam suas vidas miseráveis e insalubres, mas com um a menos para trabalhar, o que nesse país é muita coisa.

Dubai enquanto isso é exibida como uma jóia, exemplo de modernidade. Ao mesmo tempo, dá calote em investidores e anuncia bancarrota parcial, assustando atores norte-americanos que aplicam seu “suado” dinheiro em terras de além-mar. Quanto do já gasto nos elefantes brancos do deserto poderia ter sido usado para pagar adequadamente os trabalhadores e financiar moradias adequadas? Será que o custo disso inviabilizaria todas aquelas obras faraônicas? Não, mas o capital fala mais alto, a exploração, a desumanidade e falta de respeito pelo próximo.

Não visitarei Dubai. Não há nada que me atraia àquele lugar. Nem a modernidade, nem as praias, nem a riqueza. Muito menos a pobreza escondida nas favelas distantes em subúrbios esquecidos pelo resto do mundo. Se for para ir à Ásia, optarei pela Turquia, pelo Líbano, pela Síria, entre outros. Ali perto, na África, o Egito e o Marrocos me atraem mais. Cultura, história e riqueza podem ser aliados. Por Bangladesh, não irei a Dubai.

Deixe um comentário

Arquivado em Ásia, Economia, viagens